Aprenda a Fazer Vasos de Cimento - Parte 8



Acabamento final do vaso e seus segredos

De nada adianta você ter seguido todos os passos para a fabricação de um vaso até o momento e não saber fazer um bom acabamento na peça,afinal o acabamento do vaso será seu cartão de visita para seus clientes, um vaso com bom acabamento será sua propaganda por muitos anos (tempo que durar o vaso), afinal a primeira impressão é a que fica.
É normal ao desinformar o vaso, a apresentação de ranhuras e pequenas imperfeições na superfície da peça e essas imperfeições serão corrigidas com a aplicação de uma massa pastosa composta por 1 parte igual de cimento por 2 partes iguais de areia fina, que deve ser coada numa peneirinha fina.
Mais uma vez a água é um fator determinante no resultado desta tarefa, pouca água, a massa corretiva vai ficar rala e não vai cobrir as imperfeições e pouca água, a massa corretiva vai ficar grossa e pode tapar ou mascarar o "desenho" do vaso. A melhor opção mais uma vez é o raciocínio lógico e adaptar a massa corretiva com mais água ou menos água, conforme você vai visualizando o resultado ao aplicá-la. 
A aplicação desta massa corretiva pode ser feita com um pincel de pintura ou com as próprias mãos (protegidas por luvas de borracha), mas antes é necessário seguir outro procedimento de preparação da peça.

Ao desinformar o vaso recém produzido, você notará que além de pequenas imperfeições e ranhuras, existem marcas de emenda das formas, são riscos bem finos, que devem ser retirados com a ajuda de uma lima, grosa (tipo de lima com "dentes" maiores, usado no desbaste de madeira) ou uma faca (quanto mais resistente e maior; melhor), não é recomendado lixa, por que estamos falando em produção visando lucro, isso dificultaria o processo de acabamento e geraria custos desnecessários com o preço da lixa, além da perda significativa de tempo.
Depois de retirar estes pequenos riscos, comece a aplicação da pasta corretiva com pincel ou com as próprias mãos, retirando o excesso para não desfigurar o "desenho" dos vasos e aguardando o tempo de secagem de 24 horas, antes de aplicar a pintura.
Vasos secos tendem em "congelar" (emplastar) a massa corretiva logo quando aplicada, por que o vaso tende em absorver umidade por causa do cimento, isso forçará você a molhar levemente a peça a ser preparada ou adicionar mais água à massa corretiva, qualquer das duas decisões é acertada, faça o teste e veja com qual das opções você se adapta melhor. Aplicar a massa corretiva sem tomar qualquer dessa alternativas, implicará num acabamento de baixa qualidade, por que a massa irá retirar detalhes significativos dos vasos (desenho).




Questões que influenciam na produção de vasos de forma artesanal e ou em larga escala.

1º   Escolha do tipo ou modelo de vaso a ser produzido
2ª   Montagem dos moldes ou formas e aplicação do desmoldante
3º   Local mais adequado para iniciar o trabalho
4º   Traço de Massa e equipamentos necessários
5º   Quantidade de água no traço da massa para cada tipo de vaso
6º   Fazendo o vaso
7º   Tempo para manuseio e secagem completa
8º   Acabamento final do vaso e seus segredos
9º   Como pintar um vaso ornamental de cimento (concreto, Gesso, Cerâmica, Madeira)
10º Como e onde vender sua produção de vasos ornamentais
11º Cuidados no transporte e na entrega do produto
12º Como reparar vasos com pequenos trincos ou quebrados
13º Pequenas dicas para produzir um vaso de qualidade
14º Reaproveitando moldes para fazer dois tipos de vasos diferentes com a mesma forma
15° Por que vasos redondos oferecem mais qualidade de vida para planta
16º Identificando tendência de cores e modelos de vasos
17º Agregando mais valor comercial ao vaso
18º Acessórios para vasos
19º Diferenças entre vasos, taças, arandelas e floreiras
20º Como identificar um bom funcionário para fabricar vasos

0 comentários:

Postar um comentário

 

Multiflora Fernandopolis

Comércio de Vasos ornamentais e acessórios para jardim, decoração de ambientes, estátuas, colunas, plantas e flores. Fabricação, reforma, pintura e restauração de vasos ornamentais em cimento. Grande variedade de produtos e serviços, atendimento familiar, várias opções de pagamento. Atendemos Fernandópolis e cidades próximas.

Multi Vasos Fernandópolis

Indústria e Comércio de Vasos ornamentais em concreto, estátuas, pisadeiras, colunas, fontes, jardineiras, chafarizes, plaquinhas decorativas para parede, floreiras, vasos de parede, bancos, mesas e acessórios para jardim como sapos, cogumelos, onças, bois, jacarés, garças, etc 15 anos de experiência na fabricação de artefatos em cimento e moldes e formas em fibra de vidro - fiberglass.

FibraTech - Fernandópolis SP

Produzimos excelentes moldes e formas em fibra de vidro ou silicone, com qualidade, durabilidade, encaixes perfeitos, melhor preço, melhor custo benefício. Produção totalmente artesanal, rapidez, experiência e qualidade. De Fernandópolis - SP, despachamos para todo o Brasil, via CORREIOS, orçamento personalizado.