Aprenda a Fazer Vasos de Cimento - Parte 7




Tempo para manuseio e secagem completa

O tempo para o manuseio da peça de vaso pronta recém desinformada vai variar conforme o traço da massa utilizado na fabricação do vaso e também varia pelas condições climáticas, em especial pela variação da umidade do ar.
No caso de vasos tipo taça, onde é utilizado o traço de massa misto (mole, pastoso e também farofa) o tempo para manuseio vai ultrapassar 3 dias do início de produção da peça.
No caso de floreiras, jardineiras e demais vasos baixos que sejam de paredes retas, o tempo de manuseio é de 1 dia após o início da produção da peça.
No caso de vasos, floreiras, jardineiras de paredes altas mas que tenham paredes retas, o tempo também é de 1 dia após o início de produção da peça, já no caso de serem com paredes com forte inclinação, o melhor é aguardar 2 dias após o início de produção da peça.
Em tipos de vasos onde é utilizado somente o traço de massa mole ou pastosa, o aconselhável é acrescentar 1 dia a mais em relação às dicas acima.
Com o passar do tempo a pessoa que produz o vaso vai adquirindo experiência e consegue diminuir significativamente o tempo de manuseio de todos os tipos de vasos descritos acima.
A finalidade de aguardar um tempo maior na hora de manusear um vaso recém desinformado é de não deixar a peça se quebrar.
Quando as condições climáticas estão favoráveis à chuva, geralmente temos uma diferença significativa na umidade do ar, dificultando a secagem do cimento, então a melhor maneira de saber se uma peça consegue ser manuseada com segurança, é tocando a peça com a ponta da unha pelo lado de fora e pelo lado de dentro da peça, para saber se o cimento já esta firme.
O tempo de secagem final de um vaso de cimento é após 30 dias do início da produção, seja com traço de massa mole (pastosa) ou tipo farofão, mas isso não significa que você deve aguardar este prazo para comercializar ou plantar um vaso. Geralmente com 7 dias após o início de fabricação de uma peça, qualquer vaso tem condições suficientes de ser transportado, comercializado e receber o plantio de uma planta.
Atente para o bom senso para cada etapa de produção de um vaso, quanto menor o vaso mais fácil de produzir, desenformar, secar, fazer acabamento, pintura, venda, transporte e plantio e o grau de dificuldade vai aumentando quanto maior o tamanho do vaso. Como os vasos são diferentes em modelos, curvas, tamanhos e formas, não existe razão para que você os trate de maneira igual na hora de produzí-los. Siga os princípios básicos que são iguais para todos e use a lógica e o bom senso para tomar decisões e resolver qualquer contratempo que venha a ocorrer. Dúvidas? Deixe comentários e um breve resumo do problema que vamos resolver. E-mail: fibratech@outlook.com





Questões que influenciam na produção de vasos de forma artesanal e ou em larga escala.

1º   Escolha do tipo ou modelo de vaso a ser produzido
2ª   Montagem dos moldes ou formas e aplicação do desmoldante
3º   Local mais adequado para iniciar o trabalho
4º   Traço de Massa e equipamentos necessários
5º   Quantidade de água no traço da massa para cada tipo de vaso
6º   Fazendo o vaso
7º   Tempo para manuseio e secagem completa
8º   Acabamento final do vaso e seus segredos
9º   Como pintar um vaso ornamental de cimento (concreto, Gesso, Cerâmica, Madeira)
10º Como e onde vender sua produção de vasos ornamentais
11º Cuidados no transporte e na entrega do produto
12º Como reparar vasos com pequenos trincos ou quebrados
13º Pequenas dicas para produzir um vaso de qualidade
14º Reaproveitando moldes para fazer dois tipos de vasos diferentes com a mesma forma
15° Por que vasos redondos oferecem mais qualidade de vida para planta
16º Identificando tendência de cores e modelos de vasos
17º Agregando mais valor comercial ao vaso
18º Acessórios para vasos
19º Diferenças entre vasos, taças, arandelas e floreiras
20º Como identificar um bom funcionário para fabricar vasos

1 comentários:

Postar um comentário

 

Multiflora Fernandopolis

Comércio de Vasos ornamentais e acessórios para jardim, decoração de ambientes, estátuas, colunas, plantas e flores. Fabricação, reforma, pintura e restauração de vasos ornamentais em cimento. Grande variedade de produtos e serviços, atendimento familiar, várias opções de pagamento. Atendemos Fernandópolis e cidades próximas.

Multi Vasos Fernandópolis

Indústria e Comércio de Vasos ornamentais em concreto, estátuas, pisadeiras, colunas, fontes, jardineiras, chafarizes, plaquinhas decorativas para parede, floreiras, vasos de parede, bancos, mesas e acessórios para jardim como sapos, cogumelos, onças, bois, jacarés, garças, etc 15 anos de experiência na fabricação de artefatos em cimento e moldes e formas em fibra de vidro - fiberglass.

FibraTech - Fernandópolis SP

Produzimos excelentes moldes e formas em fibra de vidro ou silicone, com qualidade, durabilidade, encaixes perfeitos, melhor preço, melhor custo benefício. Produção totalmente artesanal, rapidez, experiência e qualidade. De Fernandópolis - SP, despachamos para todo o Brasil, via CORREIOS, orçamento personalizado.